Presidente diz que favorito para o Ministério da Educação é de SP. Outro nome cotado é de um militar

Numa entrevista coletiva concedida ao meio dia desta terça-feira (07) o presidente da república, Jair Bolsonaro, voltou a falar sobre o nome do novo Ministro da Educação e não citou o reitor da Unoesc/Joaçaba, professor Aristides Cimadon, como um dos prováveis para assumir neste momento. Mesmo sem revelar o nome, Bolsonaro disse que o favorito para ocupar este cargo é de São Paulo. Ele vai se reunir ainda hoje com esta liderança para avaliar a possibilidade. Na entrevista ele disse também que também trabalha com o nome do Major Víctor Hugo, que é líder do Governo na Câmara, e que já inclusive teria apresentado um diagnóstico do Ministério da Educação ao Governo. O único receio de Bolsonaro, é  com a opinião pública, pois seria mais um Militar do exército na equipe de Governo.

A entrevista foi transmitida ao vivo pela CNN.

Por Marcelo Santos