Comércio da região de Concórdia poderá fechar por 14 dias em razão do número elevado de casos de CORONAVÍRUS

O número de casos de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, passou de 3 mil em Santa Catarina e chegou a 3.082. O estado tem 63 mortes. Os dados foram repassados em pronunciamento do governo estadual na noite desta quinta-feira (7). O governo anunciou ainda medidas para a região de Concórdia, no Oeste catarinense, como o fechamento do comércio não essencial por 14 dias.

Nesta quinta, houve webconferência com representantes da região de Concórdia. De acordo com o secretário, “há algumas cidades com casos por 10 mil habitantes considerável”. Com isso, o estado fez um pacto com os municípios para a adoção de mais restrições:

·reforçado o uso obrigatório de máscaras ao sair de casa;

·supermercados devem medir temperatura dos clientes na entrada;

·fechamento do comércio não essencial por 14 dias;

·fechamento de serviços públicos estaduais e municipais não-essenciais.

Os municípios que fazem parte da região, da chamada Amauc (Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense) são: Alto Bela Vista, Arabutã, Concórdia, Ipira, Ipumirim, Irani, Itá, Jaborá, Lindóia do Sul, Peritiba, Piratuba, Presidente Castello Branco, Seara e Xavantina. Juntas, estas cidades têm 264 casos de coronavírus.

Nesta sexta-feira deverão ser divulgados mais detalhes. O comércio deverá fechar a partir de segunda, dia 11, segundo a recomendação do Estado. Os prefeitos dos municípios envolvidos vão se reunir nesta sexta para tratar da questão.