Projeto em Luzerna fixa salário de vereador em R$ 1.045 e do prefeito em R$ 15 mil a partir de 2021

Está tramitando pela Câmara de Vereadores do município de Luzerna um Projeto de Lei (PL) que fixa os salários (subsídios) do prefeito, vice, vereadores e dos secretários municipais para a próxima legislatura. Os valores terão validade para os anos de 2021 e 2024 e estão sendo propostos pela própria câmara.

A ideia é fixar o subsídio do vereador em um salário mínimo a partir do ano que vem, reduzindo de R$ 2.100,00 para R$ 1.045,00, um corte de 50%. Acontece que pelo projeto não seriam alterados os salários dos prefeito, vice e dos secretários municipais. O vereador Jonas Moraes disse que vai ingressar com uma emenda modificativa na tentativa de que também ocorra uma redução nos demais cargos. Hoje o prefeito recebe R$ 15 mil, o vice R$ 6 mil e o secretário R$ 7 mil. O vereador entende que será difícil a emenda ser aprovada, mas acha que a redução deveria também ser aplicada para gerar economia aos cofres públicos. Em entrevista a Rádio Catarinense ele comentou que o salário de prefeito em Luzerna poderia ser algo em torno de R$ 8 mil, mas entende que a população deve ser consultada e opinar sobre este tema.

O projeto vai a votação na próxima semana.

Por Marcelo Santos.