Reencontro: Haitiano que mora em Luzerna chega ao HAITI para buscar filhos

Seis meses depois de iniciar uma campanha financeira para buscar dois filhos que ficaram no Haiti em 2013, um casal de haitianos que está morando e trabalhando no interior de Luzerna está muito próximo de concretizar o sonho.

Há 6 anos, Francklin Taravine e a esposa Magdala migraram para o Brasil em razão da instabilidade política e das dificuldades econômicas do Haiti, mas tiveram que tomar a difícil decisão de deixar para traz um casal de filhos que na época tinham 04 e 02 anos. Vieram apenas com algumas peças de roupas, conseguiram emprego em Linha Leãozinho em uma propriedade rural, se estruturaram e decidiram no ano passado buscar os filhos.

Em junho de 2019, com apoio da comunidade, iniciaram uma campanha com objetivo de juntar dinheiro para a viagem de 4 mil quilômetros que separam Luzerna do Haiti. Depois de conseguir o dinheiro para as passagens e demais despesas, o pai Francklin Taravine viajou sozinho na semana passada e chegou ao Haiti no domingo (26). Uma foto enviada a Rádio Catarinense mostra ele abraçado com as duas crianças, se preparando para a longa viagem de volta.

Ele deverá ficar no Haiti alguns dias revendo familiares. Ele deverá retornar a Luzerna no final de fevereiro.

Por Marcelo Santos