(49) 3551-2424

OUTUBRO ROSA: HUST oferece exames de mamografia com valor reduzido

A prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama são imprescindíveis, já que a maioria dos casos, quando tratados adequadamente e em tempo oportuno, apresentam bom prognóstico. Por isso, o Centro de Diagnóstico por Imagem (CDIH) do Hospital Universitário Santa Terezinha de Joaçaba estará durante todo o Outubro Rosa, realizando exames de mamografia com preço especial, no valor de R$ 100,00.

Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), o câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil e a estimativa é que em 2021 mais de 66 mil casos sejam diagnosticados.

É recomendado que a mulher realize seu primeiro exame estando na faixa etária de 35 a 40 anos, pois servirá de base para avaliar as condições da mama em comparação com exames futuros. Dos 40 aos 50 anos a frequência da mamografia deve ser determinada pelo médico, de acordo com as condições da mama da paciente. Após os 50 anos o ideal é que o exame seja feito anualmente.

Para agendar o exame basta entrar em contato com o Centro de Diagnóstico por Imagem (CDIH) pelo telefone 3551-9595 ou pelo e-mailcdih@hust.org.br

Mamógrafo digital

Mais do que fazer o exame com regularidade também é importante ter um diagnóstico preciso, por isso o Hospital Universitário Santa Terezinha conta com um moderno mamógrafo digital.

Os exames feitos com o mamógrafo digital tornam o procedimento mais rápido, oferecem maior clareza de imagem e detalhes, o que pode tornar a detecção de alterações anormais mais precisa. Causam menos dor e desconforto, por não precisar apertar a mama com a mesma intensidade da mamografia convencional, diminuindo as queixas das pacientes e ainda, geram menor exposição à radiação. Além disso, pensando no bem-estar das pacientes, além de instalar o aparelho o HUST revitalizou a sala dos exames, colocando plotagens com imagens que humanizam o ambiente.

— Atualmente realizamos mais de 2600 mamografias e queremos oportunizar que muito mais sejam feitas. O diagnóstico precoce pode salvar vidas, por isso, reforçamos para que as mulheres estejam atentas e façam o exame — comentou o diretor geral do HUST, professor Alciomar Marin.