Jornalista é agredido por vereador dentro da Câmara de Herval

foto angeloO jornalista Angelo Junior Radavelli, da Rádio Líder, foi agredido no início da tarde desta quarta-feira (17) pelo vereador licenciado Tomaz Alberto Conrado, Tomate (PMDB), dentro das dependências da Câmara de Vereadores de Herval d´Oeste.

O jornalista acredita que o secretário investiu contra ele devido a uma matéria veiculada no Jornal do Meio Dia com o título “Em meio a crise financeira, prefeito de Herval d’Oeste nomeia mais um secretário”, a qual questionava a contenção de despesas anunciada pelo prefeito Nelson Guindani em dezembro de 2015, mas que nomeou novamente o vereador para a secretaria de habitação. A agressão foi gravada em áudio por Radavelli e presenciada por um pastor da Igreja luterana, que vai testemunhar o fato.

O diretor da emissora, Gilberto Thedoro da Silva, acionou o setor jurídico da rádio e se deslocou com o jornalista até a delegacia para registrar o boletim de ocorrência. “É uma situação que não podemos admitir, pois o profissional estava cumprindo seu dever social de informar, amparado pela Constituição Federal”, disse ao lamentar que o agressor seja uma pessoa pública, eleita por voto popular.

O presidente da Câmara de Vereadores, Adelar Provenci (Kiko), confirmou que o jornalista estava aguardando para entrevista-lo. Disse que ficou sabendo, mas não chegou a presenciar. Kiko informou que vai consultar o assessor jurídico para saber quais providências tomar, pois o vereador está licenciado. No entanto, a agressão aconteceu no local público.

Já o prefeito Nelson Guindani, procurado pela reportagem, não quis se manifestar. Questionado sobre as providências, já que o secretário estava em horário de trabalho, disse apenas que se ele estiver errado deverá pagar, entretanto, não mencionou nenhuma medida administrativa.