18/12/2013 atualizado às 13:37

Supermercados se posicionam contra horário de fim de ano definido pelos Sindicatos

Dono do Passarela não descarta ação judicial na tentativa de reverter a situação

   Alguns supermercados de Joaçaba e Herval d’Oeste estão descontentes com o horário especial de fim de ano que definido pelos Sindicatos dos Empregados no Comércio e acordo com o Sindilojas. A situação foi revelada esta semana a Rádio Catarinense por Carlos Alberto da Silva, Gerente do Passarela. De acordo com ele os empresários do setor estão solicitando que o horário na véspera de Natal e Fim de Ano seja ampliado em no mínimo uma hora. Pelo horário apresentado pelos Sindicatos, os supermercados teriam que fechar as portas às 16h no dia 24 e às 15h no dia 31. Segundo Carlos Alberto Silva o horário é muito reduzido e vai gerar transtornos para os consumidores, a exemplo do que já aconteceu no ano passado. Os empresários já mantiveram contato com os sindicatos e aguardam agora uma posição até o final desta semana. O proprietário do Passarela, Alexandre Simioni, chegou afirmar a Rádio Catarinense que não se descarta uma ação judicial para tentar reverter a decisão.

Fonte: Rádio Catarinense
* Todos os direitos reservados à Rádio Catarinense.
* Não é permitida a reprodução total ou parcial desta publicação ou de qualquer material que compõem a mesma sem autorização prévia.
Rádio Catarinense AM 1270 - FM 97,3. Avenida XV de Novembro, 608. Joaçaba-SC - Todos os direitos reservados.