17/08/2012 atualizado às 11:41

MEGASENA: Flávio Biássi concede entrevista exclusiva à Rádio Catarinense

Ex-empregado de Igreja ainda aguarda liberação de prêmio

   Dois dias após a decisão do Superior Tribunal de Justiça pela divisão do prêmio do concurso 898 da Mega-Sena, sorteado em 2007, a Central de Jornalismo da Rádio Catarinense conseguiu localizar Flávio Biassi, ex-funcionário na marcenaria de Altamir José da Igreja em Joaçaba. O prêmio foi ganho em um “bolão” entre patrão e ex-empregado, gerando um impasse jurídico sobre o rateio do valor. Os ministros votaram, por unanimidade, pela divisão igualitária do prêmio. Em entrevista exclusiva concedida na tarde de ontem, Flávio Biassi afirma que os quase cinco anos de espera foram angustiantes, e ressalta que, assim que puder ter acesso ao dinheiro, pretende investir o capital:
Ouvir

   Flávio Biassi revela que comemorou com um churrasco a notícia de que o STJ em Brasília havia ratificado o entendimento da Justiça de Joaçaba e do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, pela divisão do prêmio:
Ouvir

   De acordo com o processo, Biassi teria dado uma combinação de números ao patrão com base em seu celular e também a soma de R$ 1,50 para a aposta. Os números foram sorteados e dois bilhetes foram premiados, um em Roraima e outro em Joaçaba, dividindo o prêmio que superava R$ 55 milhões. De posse do bilhete, o patrão sacou o valor de R$ 27 milhões na Caixa Econômica Federal e teria se negado a dar a parte do empregado. Altamir da Igreja alegou que a aposta foi feita por um palpite próprio, juntamente com outras apostas na Mega-Sena, na Quina e na Lotomania. O ex-empregado entrou com ação declaratória e pediu indenização por danos morais. Em primeiro grau, foi determinada a divisão do prêmio, cabendo a cada um o valor de R$ 13 milhões. O Tribunal de Justiça de Santa Catarina manteve a sentença, entendendo que o patrão e o ex-empregado haviam se associado para um objetivo comum. O pedido de indenização foi rejeitado. Houve então recurso especial ao STJ que proferiu a decisão nesta terça-feira.

Fonte: Rádio Catarinense
* Todos os direitos reservados à Rádio Catarinense.
* Não é permitida a reprodução total ou parcial desta publicação ou de qualquer material que compõem a mesma sem autorização prévia.

2 comentários

giselle kluves

Florianopolis, Sc
Espero que ele saiba usar o dinheiro e não deixar subir a cabeça e não só fazer festa tem que emvestir

Ivete

Joaçaba, SC
Espero que esse menino tenha juizo suficiente para saber investir essa grana toda. Quer um conselho Flávio? Investe em imóveis.
Rádio Catarinense AM 1270 - FM 97,3. Avenida XV de Novembro, 608. Joaçaba-SC - Todos os direitos reservados.