Joaçaba terá coleta de lixo eletrônico neste sábado, dia 09

Um estudo divulgado no segundo semestre deste ano, mostra que o Brasil está na liderança de produção de lixo eletrônico naAmérica Latina.  O estudo, divulgado Organização das Nações Unidas (ONU),  avaliou a quantidade de sujeira criada a partir de computadores, televisores e celulares descartados, por exemplo.

O país produz anualmente 1,5 mil tonelada. O Brasil é o sétimo maior produtor de lixo eletrônico do mundo, ficando atrás apenas de China, Estados Unidos, Japão, Índia, Alemanha e Reino Unido, respectivamente.Além da crescente quantidade de resíduos que é gerada, outro problema é o despejo inadequado. Os aparelhos têm uma composição química complexa de substâncias altamente tóxicas ao meio ambiente e sua decomposição pode trazer muitos prejuízos à saúde humana. O que acontece é que na maioria das vezes a população não sabe onde levar este tipo de material que não pode ser descartado no lixo comum.

Em Joaçaba a comunidade terá a oportunidade neste sábado, dia 09, de encontrar uma solução para este problema grave. A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), engajada nesta causa ambiental, promoverá mais uma edição do Recicla CDL. No horário das 10 às 13h a população poderá levar o lixo eletrônico até a praça em frente a prefeitura onde será instalado um ponto de coleta. Poderão ser entregues Televisores, CPUs, Rádios, Celulares, Pilhas, Aparelhos-Eletrônicos, Forno Microondas Elétricos, Aparelhos de Som e Lâmpadas (até 5 unidades não será cobrado). Volume superior a 5 unidades de lâmpadas será cobrado R$ 0,50 por unidade. Outro produto que será cobrado é Tonners, R$ 1,009 a unidade. Todo este material coletado terá uma destinação ambientalmente correta.

 

No sábado, dia 09, o comércio também estará funcionando em horário prolongado em mais uma edição do Dia D.