Blocos se unem, decretam fim do Carnaval em Herval, e decidem voltar ao CARNAFOLIA em Joaçaba

Joaçaba é a capital do Carnaval no Meio-Oeste Catarinense e esse status se mantém sólido com os desfiles das Escolas de Samba e também com o Carnafolia.

Este ano divergências, contrariando o desejo da Liga das Escolas de Samba (LIESJHO), promotora do evento, três blocos que participavam do Carnafolia se rebelaram por não concordar com alguns encaminhamentos e decidiram criar um evento paralelo na avenida Beira Rio em Herval d’Oeste. O Carnaval, pela primeira vez na história, teve duas festas simultâneas, que no entendimento de algumas pessoas serviu para dividir o público. Os eventos encerraram e a LIESJHO iniciou uma série de reuniões com a finalidade de unir novamente os blocos. Durante encontro realizado na noite desta quarta-feira (05), na sede da Liesjho, representantes de 9 blocos, chegaram finalmente ao consenso. Todos estarão juntos no Carnafolia em 2020: DNA, OS SUMIDA (novo), QUEM VIU NÃO MENTIU (novo), CAMPUS 3 (novo), BAVIEIRA, PÉ DE CANA, LOS IGUANAS, SCHERER e LIESJHO.  Uma decisão onde prevaleceu o bom senso, pelo bem comum do evento que deverá ser retomado em grande estilo em um único local: Joaçaba.

O presidente da Liesjho, professor César Junqueira, disse que foi uma decisão acertada dos blocos. “Os blocos foram para Herval d’Oeste e fazer duas festas, dividindo o público, não foi bom para ninguém, agora estamos unidos novamente e que bom que se entendemos” finalizou ele em entrevista concedida a Rádio Catarinense.

Por Marcelo Santos

 

555555