Mulher com filho de dois anos no colo é atropelada pelo companheiro

sireneNa noite do domingo (24) a Polícia Militar se dirigiu até a UPA em Herval d´Oeste onde uma mulher apresentava ferimentos causados por mais uma caso de violência doméstica (Maria da Penha).

A vítima contou para a guarnição que foi atropelada deliberadamente pelo companheiro que ato contínuo passou o rodado do seu veículo por cima do seu braço direito. A mulher afirmou que ainda teve o agravante de ela estar com o filho de dois meses no colo.

Em depoimento aos policias, a vítima, revelou que a violência foi desencadeada pelo simples fato de ela pedir que o companheiro não ligasse a caixa de som por causa da presença de pessoas idosas no local onde se encontravam. A senhora bastante abalada emocionalmente, contou que foi socorrida pelo sogro que a levou até a Upa onde foi medicada.

Um boletim de ocorrência foi confeccionado, e o agressor terá agora que arcar com as consequências do seu ato.