Homem que denunciou furto de 40 bois em Capinzal vai responder por falsa comunicação de crime

Imagem ilustrativa

A Polícia Civil concluiu recentemente as investigações sobre o registro de um suposto furto de 40 cabeças de gado, que teria ocorrido entre os dias 20 e 23 de abril deste ano na comunidade de Capitel Santo Antônio, interior de Capinzal.

O fato foi registrado na Delegacia de Polícia Civil por um homem de 65 anos. No entanto, o Setor de Investigação Criminal, sob a supervisão do Delegado Roberto Carpeggiani Moreira, apurou que o furto na verdade não ocorreu. O gado foi retirado do local com autorização judicial em razão de litígio existente entre os sócios.

O comunicante do falso furto foi autuado por falsa comunicação de crime cujo procedimento já foi remetido ao Poder Judiciário de Capinzal para os procedimentos cabíveis.

Fonte: Marlo Matielo/Rádio Capinzal